Vídeos REGIRIS Dança Cigana

Loading...

Ritmos Ciganos ROMANE

As idéias de nada valem se não forem transformadas em ações.
VAMOS DANÇAR as lindas Danças Romanê em ritmos dos ACORDEONS e VIOLINOS

Interesse pela essencia da DANÇA CIGANA


       Estudar e vivenciar as influencias culturais das tradições dos CIGANOS em danças, é adicionar parte destas referencias na impressão que transmitimos representando a temática. 

  
      Representar ou interpretar estas referencias é um convite a ESTUDAR, fazer aulas, cursos, workshops para sermos fiéis e respeitosos com as culturas milenares assim podemos aplicar com dignidade e precisão aquilo que passa a fazer parte das nossas vidas em expressão e movimentos. No dia 04 de agosto, estou oferecendo mais que estudos e referencias, a temática vai ensinar você dançarina das danças ciganas a compreender esta essência em sua vida. 

As idéias de nada valem se não forem transformadas em ações.

Responsabilidade em DANÇA CIGANA

      Danças Ciganas, representações e estilos…

    A representação das Danças Ciganas é completa em alegria e emoção, agrega nos movimentos várias possibilidades de performances. Muitas pessoas simpatizam-se pelas Danças Ciganas sendo que iniciou-se nos últimos tempos um grande movimento de apresentações em shows e eventos, ganhando destaque, gerando divergências de opiniões. 
    Alguns profissionais renomados no ensino das Danças Ciganas e a própria comunidade Cigana está buscando classificar a diversidade apresentada. Ao praticar Danças Ciganas de forma aleatória, é uma forma de não preservação à essência da Cultura e os princípios básicos da própria dança em si. Não compete a este artigo apontar defeitos ou julgar e sim oferecer referencial para que mais pessoas possam compreender e aprender corretamente as Danças Ciganas, enriquecendo e melhorando suas performances, seja em expressões amadoras aos interesses mais profissionais dos que buscam formação, professoras(es), dançarinas(os) ou instrutores em aprimorar as expressões.
    Os que estão  nesta empreitada artística, orientar, corrigir e oferecer recursos para os que estão chegando para que mais pessoas possam adquirir conhecimentos da legítima Cultura e um pouco da base da Dança uma vez que as pessoas que procuram por esta atividade, não tem as mesmas experiências que os Ciganos que dominam os movimentos com facilidade e nós dançarinos que já trazemos bagagem acadêmcia.
    Nada impede que todos pratiquem as Danças Ciganas, mas é importante classificar diferenças:
Danças Ciganas Autenticas dançadas pelos  Ciganos em consagrações e celebrações, com seus significados sucintos. Movimentos específicos, comportamentos e trajes diferenciados que possuem importância e significados.
Danças Ciganas Temáticas, dançadas em festas por quem sente simpatia pelos Ciganos, nomeiam suas performances como danças ciganas sendo danças livres, portanto dançam livremente, sem saber o que estão fazendo. Os movimentos empolgantes, desenfreiam a simulação de poses acompanhados de passos adaptados a ritmos das preferencias musicais nas festas temáticas. 
Danças Ciganas Terapêuticas dançadas com a proposta de soltar emoções reprimidas e sentido relaxante. Há formação de grupos que se apresentam de diversas formas e entre estes grupos encontramos pessoas da 3a. idade, que aderem a este tema com inspiração para seus trabalhos.
Danças Ciganas Artísticas a nível profissional, dançarinas(os) ou Ciganas(os) fazem shows, com músicos que os acompanham ao vivo. No Brasil temos alguns grupos que fazem este trabalho, na Europa e Oriente é mais comum. Na trajetória dos Ciganos pelo mundo, eles assimilam com muita facilidade danças étnicas… mas, respeitam e não comprometem a Cultura que deu a eles inspiração para agregar alguns movimentos. As inusitadas apresentações artísticas com beleza, sincronismo, altivez, elegância, adaptadas aos ritmos de vários países, demonstram  seriedade aos estilos que as famílias de grupos de Ciganos adotam para suas expressões, os Karderashis, os Mathwaias, os Lowares, os Calés.
    Em festas é comum ao dançarem Danças Ciganas as pessoas entrarem numa euforia, como se buscassem atingir algum êxtase principalmente quando giram ou movimentam as saias. Nas Danças Ciganas, o êxtase é uma forma de atingir o sagrado com respeito e seriedade, sem passar pela empolgação. Nas Danças Ciganas está contido os giros e estes tem o momento certo de serem praticados, há diferenças entre girar e rodar, da mesma forma que existe diferenças entre a espiritualidade que está inserida nas Danças Ciganas e que não tem nada haver com espiritualismo (ou religião).
   A notória diferença para os Ciganos, está no que a dança insere em si, na reverencia ao Sagrado, nos gestos e movimentos significativos, enquanto as pessoas sem conhecimento da Cultura, dançam para si, pois gostam de sentir a euforia que a dança causa propiciando um estado de êxtase denominando ser a expressão da alma, denominando alma cigana. Terapeuticamente falando isto é de certa forma benéfico por emoções e sentimentos reprimidos estarem sendo liberados, até porque pode ser reminicencias das vidas passadas.    
    As forças da natureza presentes em nossos campos energéticos, fazem neste instante uma  cartastase que segundo o Húngaro Rudolf Laban (estudioso e renovador da dança), é a partir daí que se dá o interesse para o domínio do movimento, onde o corpo vai solicitar a consciência corporal pois todas as práticas dançantes nos dias atuais necessitam desta atenção para  não lesar ou danificar a estrutura óssea, articulações e musculatura.
    Sendo assim, as performances apresentadas começam solicitar atenção pois ao analisarmos a seriedade de qualquer atividade corporal, estamos esbarrando em responsabilidade, em falando-se de Cultura mais ainda. Que possam todas as pessoas interessadas em aprender as Danças Ciganas receberem instruções de como preparar o corpo para dançar e compreender o significado dos movimentos e ritmos que escolherem para executar.
    Para tornar-se professor(a) ou instrutor(a) de qualquer modalidade de dança é necessário uma trajetória,  estudar ter embasamento para formatar dinâmicas de ensino, mas ao contrário do que vemos nos últimos tempos muitas pessoas dançam... e pronto isto já basta para ensinar?  
   Lembrando caro leitor(a), que princípios e fundamentos religiosos e espiritistas, não são o suficiente para tornar uma pessoa instrutor de danças. Com todo respeito a todos praticantes e iniciáticos religiosos, porem DANÇA é DANÇA e sempre será. E religião é religião. É necessário estudar e eu acredito que somente assim vamos conquistar respeito e admiração pela arte!
       As Danças Ciganas despertam para consciência corporal quando o corpo se prepara com exercícios específicos para os passos. É uma excelente atividade física porque aumenta a flexibilidade e o tônus muscular, reeducando a postura, pois a prática dos exercícios para executar as Danças Ciganas, solicitam o desenvolvimento da coordenação motora, oferecendo iniciativa para exteriorização das emoções através dos gestos das mãos e composições dos braços e passos, que emanam a emoção da feminilidade e sensualidade de forma respeitosa e bela. 
     Nas Danças Ciganas, tudo tem significado sendo uma oportunidade para sociabilização e vivências com grupo.  Uma deliciosa experiência que desperta para o auto conhecimento, auto valorização de si (auto-estima) transmitindo união, paz e luz, nas festas, no dia a dia transmitindo as mais profundas emoções, alegria e energias positivas nos movimentos.  
      Praticar a Arte das Danças Ciganas é entrar em contato com o Sagrado dentro de si mesma, comungar com a natureza e transmitir alegria e o amor do coração. A representação e os estudos dos ritmos e estilos das Danças Ciganas oferece um aprendizado festivo repleto de realizações e possibilidades. Autora deste texto Regiris Barake

As idéias de nada valem se não forem transformadas em ações.
Inspiração inicial do Festival SANSARA Gypsy Art Dance

       

 (texto extraído do Jornal ALIANÇA CIGANA - 1a. Edição EDITADO por REGIRIS em 2003)
Quando eu iniciei um MOVIMENTO para unir os PROFISSIONAIS da DANÇA CIGANA com o objetivo de reivindicar reconhecimento para DANÇAS CIGANAS.
Primeira fase do meu trabalho foi publicando artigos sobre a cultura cigana no ALIANÇA CIGANA
A segunda fase foi um ENCONTRO onde tive a oportunidade de reunir profissionais e dançarinas que assim como eu estavam buscando crescer e enriquecer a qualidade de nossos trabalhos.
O Jornal ALIANÇA CIGANA teve seu ciclo finalizado em um ALMANAQUE CULTURAL em 2007 por eu ser bailarina, necessitando dedicar-me às aulas e cursos.

Os workshops, palestras e encontros que venho promovendo desde 1989 deram início ao que hoje é o Festival SANSARA que caminha para sua 5a. Edição. Deixo aqui para os leitores dos meus BLOGs um texto de muita valia escrito por mim e publicado em 2003 onde tive a oportunidade de distribuir o Jornal ALIANÇA CIGANA em muitas festas e eventos. Hoje com a internet mais pessoas poderão se informar e ter estas valiosas referencias, não sendo somente minha opinião e posição diante a realidade que presenciamos, mas o pensamento de muitas pessoas que assim como eu desejam enaltecer as DANÇAS CIGANA.

O texto acima, que desejo compartilhar e quem sabe um dia conseguir publicar em uma REVISTA ou se DEUS me permitir, fazer novamente um ALMANAQUE CULTURAL dirigido agora exclusivamente às DANÇAS CIGANAS. Peço a gentileza de que se alguem desejar copiar ou remontar este texto, por gentileza confira os créditos a minha pessoa, assim todos seremos abençoados e estaremos caminhando para formar um CONSELHO DE ÉTICA em Dança Cigana, para nossa profissão de instrutores e dançarinos que somos.




Regiris idealizadora do Festival SANSARA Gypsy Arte Dance
acesse o BLOG  festivalsansara.blogspot.com

Aprenda a DANÇAR como os CIGANOS dançam

     Por falta de informação e referencias DANÇAS CIGANAS, resultam em gerar preconceitos por pessoas que confundem a ARTE e CULTURA CIGANA com preceitos religiosos. DANÇA CIGANA não é uma religião, dogma ou doutrina, é uma modalidade de dança que apresenta fundamentos da Cultura dos CIGANOS expressando luz, beleza e alegria nos movimentos.  
      A falta de acesso em aprender corretamente gera comportamentos e atitudes que compromete a imagem dos Ciganos que por tradição não permitem que os costumes da CULTURA CIGANA sejam praticados de forma aleatória como vem acontecendo por curiosidade ou simpatização por esta temática.
     Portanto Cursos, Aulas, Palestras, profissionais que se dedicam às artes e tradições ciganas, devem e podem ser evidenciados e reverenciados por dedicarem parte de suas vidas investindo tempo, material etc para oferecer REFERENCIAS e a própria oportunidade para quem deseja aprender.
 

Dançar sem referencias ou fundamentos, gera discriminações, controvérsias e polêmica perdendo o respeito e o sentido original que é a espontaneidade do movimento livre, improvisado, porém rítmico,  raciocinado e compreendido como estilo, traduzido nas sequencias de passos.


A admiração pela CULTURA CIGANA está ligada  
à memória ancestral, pelo arquétipo que a temática apresenta. 
 Curso MANDALA CIGANA
Aulas temáticas oferecendo a você o que a DANÇA CIGANA
tem em qualidade e riqueza de fundamentos.

      Busque, faça aulas, conheça pessoas, presencie eventos, participe de festas e viva a alegria dos costumes do Povo Cigano com dignidade e respeito com os Ciganos assim como toda Etnia merece. Abra-se para aprender, porque depois, você também poderá ensinar. Venha aprender a dançar como os ciganos dançam. Tenho certeza que você vai adorar porque muitas coisas bonitas começam a acontecer em sua vida.

Email: regirisbarake@hotmail.com
www.dançacigana.com.br



DANÇA CIGANA surge no BRASIL na década de 80



No Brasil, a grande difusão de Danças Ciganas aconteceu com a vinda do grupo Gypsy King, despertando na década de 80, muitos adeptos e seguidores da moda Gitana, com grande influencia das característica das Danças Flamencas, referencial trazido por eles em movimentos despojados e descontraídos, das rumbas gitanas. Nesta época a familiaridade cigana presente na minha vida foi me impulsionando para estudar mais e me inspirei para estudar novos ritmos, conhecer pessoas e novos professores de danças árabes e flamenca. Minhas colegas da escola de bailado adoravam ensaiar comigo   trechos de danças   e rumbas gitana entre os intervalos de aulas, quando eu arrumava meu material de de aula meio aos vestidos, saias, colares, chamava a atenção e tudo virava na verdade uma festa. Em meio aos ensaios de ballets caráter eu me soltava com trechos de PAQUITA, DON QUIXOTE, ESMERALDA, CARMEM, CZARDAS, em fusion culturale, com toque zingaro, tzigano, solto, espontâneo, surpreendendo os professores que me olhavam com cara assustada por eu deixar as sapatilhas de lado colocando os pés no chão que se esfolavam pela minha voracidade de demonstrar a dança que faz parte da minha vida.

Aumentaram os admiradores e adeptos quando em 95 a Rede Globo exibe a novela Explode Coração, que narrava a vida cigana, aumentando o número de estudiosos  interessados em interpretar Danças Ciganas de forma artística e surgindo paralelo a este bum... uma grande busca por procura espiritual onde os Centros de Umbanda iniciam trabalhos aceitando os Espiritos Ciganos do Astral. 
Todo este movimento abriu um Portal de Luz, com forças energéticas e espiritualistas que modificaram o comportamento de muitas pessoas, pois esta influencia atingiu, a moda, a decoração, a culinária, incluindo os atendimentos esotéricos, holísticos que aderem a caracterização mais mística que seja apenas em simples decoração. A leituras de oráculos, ganha praticantes e estudiosos do Tarô oferecem curso para maior compreensão da sensibilidades intuitiva que aflor em muitas pessoas que se interessam por cartas ciganas e buscam nas literaturas explicações para seus sentimentos e admiração pelo Povo Cigano.
Tudo começou a ficar lindo, parece que em muitos lugares aconteceu um toque mágico que recebeu um Q cigano, com mais alegria, cores, fitas, cristais, moedas, mandalas, rendas, babados, moedas, colares... Muitas pessoas fazendo festas e aderindo a temática para trabalhos artísticos e terapêuticos.
Surgem grupos, pessoas e mais pessoas adotam a temática Ciganos para festejar, ritualizar, comemorar. E muitas festas começam aderir a temática, pessoas começam a se unir, formam-se grupos e muitos eventos abrem espaço para a nova modalidade que surge DANÇA CIGANA.
Isto é muito bonito, é muito bom... Porém, requer muita responsabilidade usar ou simular comportamentos, interpretações sem conhecimento elementares de uma cultura. Por esta razão, me empenhei em desenvolver este projeto com a proposta de unir referencias. 
Busco com meu trabalho aprimorar qualidade, somar valores, conhecer pessoas, para que Danças Ciganas tenha mais qualidade enquanto movimento cultural e artístico. O objetivo principal do projeto é levar Danças Ciganas para ser reconhecida como modalidade de Dança seja pela Federação de Danças do Estado de SP, seja pela comunidade e autoridade dos Ciganos que compões associações, fundações e agora o meio artístico de admiradores, dançarinos e comerciantes, que auxiliam na divulgação da arte e cultura cigana.

Assim convido a todos os que desejam participar de meu blog para aprender, acrescentar, ensinar e deixar aqui seu recado para que possamos SOMAR, enriquecer e enaltecer a arte das  DANÇAS CIGANAS em nosso país, mesmo que seja pelo simples gesto de darmos as mãos nesta ciranda virtual aberta a todos os que desejam assim como eu dizer a saudação cigana: Opthá!!!
   Saudação para promover energia do amor, da paz e abrir novas oportunidades.                                        ... o SOL nasce todas as manhãs para iluminar a vida de todos nós.
 Venha dançar com agente.
Curso MANDALA CIGANA 
Festival SANSARA Gypsy Art Dance
 Regiris Cel (11) 9 9914-1154
www.dançacigana.com.br

MANDALA CIGANA

MANDALA CIGANA
Regiris

MANDALA CIGANA - Regiris Dança Cigana

Carregando...

Follow by Email

Translate TRADUZIR

Google+ Followers